quinta-feira, 2 de março de 2017

O que fazer sabendo do fim de Game of Thrones?


O fim próximo da atração já era especulado. Após o fim da sexta temporada, os produtores David Benioff e Dan Weiss revelaram que o plano era rodar mais 13 horas da trama. É a primeira vez que alguém da HBO confirma a informação. 

A série "Game of Thrones" tem apenas mais duas temporadas pela frente, anunciou o presidente de programação da HBO, Casey Bloys, em entrevista à revista "Entertainment Weekly".

 O término de Game of Thrones na oitava temporada não chega a ser propriamente uma surpresa, visto que vários rumores apontavam neste sentido já há algumas semanas. Entretanto, oficialmente, a série estava renovada apenas para a sétima temporada.

Bloys reafirmou que a sétima temporada terá apenas sete episódios, revelando ainda que não está definida a quantidade de capítulos da oitava. Especula-se que sejam apenas seis. Como a estreia da próxima temporada será apenas no verão de 2017, Game of Thrones automaticamente está fora da premiação do ano que vem do Emmy, o "Oscar da TV americana". Boys, no entanto, não está nem um pouco preocupado com esta ausência.


quarta-feira, 1 de março de 2017

Você conhece o PUNHO de FERRO?

Você conhece o personagem Punho de Ferro? Aquele que vai estrear nova série no Netflix dia 17 de março deste ano ( 2017 )... agora já sabe de quem estamos falando.

Criado na década de 70 ao lado de outro herói bem conhecido, o Mestre do Kung-Fu, Punho de Ferro foi uma tentativa de puxar um pouco do sucesso dos crescentes filmes de artes marciais. Nascido nas páginas de Marvel Premiere #15, Punho de Ferro era uma criação de Gil Kane e Roy Thomas. Entretanto, a ideia, como revelado futuramente, veio de Bill Everett. Suas histórias foram publicadas no Brasil pela Editora Abril, na revista "Heróis da TV" na década de 1980.

ORIGEM
Daniel Rand é filho do empresário norte-americano Wendell Rand que, ainda jovem, descobriu a mística cidade de Kun Lun. A cidade só se manifestava na Terra a cada 10 anos, e quando Daniel estava com 9 anos, ele, seus pais e o sócio Harold Meachum fizeram nova expedição para procurá-la. Causando a morte dos pais de Daniel, Harold voltou para tomar os negócios de Rand. Daniel encontra a cidade, e ao expressar seu desejo de vingança contra Harold, é treinado em artes marciais, por ordem de Yu Ti. Após 10 anos e ao fim de seu treinamento onde aprende a controlar seu Ki (sua energia espiritual), recebe uma " tatuagem " em forma de dragão alado em seu peito. Após esse tempo quando a cidade voltou a aparecer na Terra, Daniel agora transformado no Punho de Ferro, volta à civilização para realizar a sua vingança.

Ele é capaz de concentrar a energia natural de seu corpo em sua mão, manifestando-se como um brilho sobrenatural em torno de seu punho fechado. Punho de Ferro é um dos maiores lutadores do Universo Marvel capaz de enfrentar qualquer artista marcial ou não.
Este "Punho de Ferro" pode atacar com dureza sobre-humana e impacto, enquanto sua mão se torna insensível à dor e lesão. No entanto, a façanha de convocar a potência necessária deixa Rand fisicamente e mentalmente esgotado, incapaz de repetir o ato por um tempo, até mesmo um dia inteiro em determinadas situações.
Ele também pode concentrar a energia Ki internamente para se curar, ou externamente para curar os lesões de outros, bem como telepaticamente fundir sua consciência com a mente de outra pessoa.
Rand é um mestre em todas as artes marciais de K'un Lun, bem como vários estilos de luta da Terra.

O verdadeiro nome da técnica que Danny utiliza é o Punho do Dragão: um golpe onde Danny canaliza seu chi em seu punho e aumenta a força do mesmo nas proporções desejadas a seu alcance, visto que este já levou seu poder a níveis extremos. Personagens como Luke Cage e até mesmo Colossus, demonstraram não serem nada páreo perante tal poder, mesmo sendo derrotados pelo golpe quando o Punho de Ferro ainda estava em sua fase clássica, bem longe de seu auge. A início, Danny só conseguia usar o poder em seu punho direito, mas com o tempo e após estudos, aprendeu a usar em seus dois punhos.

Decidido a buscar seu destino segundo seus próprios termos, ele permaneceu na Terra e assumiu o controle da fortuna da família.
Como um natural subproduto da sua criação e esclarecimento filosófico, Daniel buscou aqueles que não podiam cuidar de si mesmos.
Punho de Ferro invade a propriedade de Tony Stark, mas é interceptado pelo Homem de Ferro, que o toma por criminoso. Os dois se enfrentam até que o mal entendido é resolvido.
Operando em Nova York, ele acabou conhecendo e se tornando sócio de Colleen Wing. Punho é ameaçado por um estranho que se veste com trajes de Kun-Lun, a cidade oriental onde nosso herói foi treinado. Depois, Rand parte para Calgary, afim de ajudar a amiga Colleen Wing a proteger um figurão. Mas a dupla falha e os três são capturandos pelo caçador de recompensas Dentes de Sabre, Rand, que estava a paisana disfarçado como um advogado coloca as suas vestes e derrota o vilão.
Ao retornar a Nova Iorque, Daniel vai vistar sua namora Misty Knightque divide o apartamento com Jean Grey (Na veradade era a Fênix, mas isso é outra história), no mesmo momento em que os X-Mentambém vão visitá-las. Os X-men acreditam que Rand é um invasor e assim um simples mal entendido coloca o Punho de Ferro em uma luta contra os Fabulosos X-Men. Rand mostrou uma grande técnica e bravura enfrentando toda a equipe mutante até tudo ser explicado.

Rand se torna sócio de Colleen Wing, Misty Knight e Luke Cage formando a empresa Heróis de Aluguel, vendo esse empreendimento como a melhor maneira de empregar seus poderes e dons para ajudar os necessitados. Ao longo dos anos, Rand e Cage foram muitos solicitados como guarda-costas especializados e investigadores particulares, com Daniel frequentemente abrindo mão de trabalhos particulares para ajudar os necessitados. Ao longo dos honorários dos serviços contratados.

A queda de sua parceria começou quando, durante sua missão, Punho de Ferro foi envenenado com radiação. Cage levou a K’un-Lun para o tratamento. Enquanto estava lá, Punho de Ferro foi, sem que Luke soubesse, substituído por um sósia da raça extradimensional H’ylthri, antigos inimigos de K’un-Lun.

Logo após o seu regresso ao mundo exterior, o sósia foi destruído bombardeado pelos alienígenas Super-Skrull, como resultado de um bizarro esquema de engenharia do seu arqui-nimigo Mestre Khan. Cage foi responsabilizado pelo aparente assassinato de Punho de Ferro. Até que depois Punho retorna e explica todo o mau entendido para ele.
Muitos dos oponentes do Punho de Ferro eram indivíduos que desejavam privá-lo de seu titulo e clamar o poder para si. Praticamente todos aprenderam, no entanto, que tentar algo assim é uma completa insanidade: o Punho de Ferro é uma arma viva. Tendo alcançado a iluminação em sua batalha com Shou-Lao

Assediado pela empresa chinesa Wai-Go para fechar um negócio bilionário, Rand recusa surpreendentemente quase matando Jeryn Hogarth (seu amigo e verdadeiro administrador de seus negócios) do coração. Mas a desconfiança acaba tendo fundamento e, quando vai investigar a sede da Wai-Go trajado de Punho de Ferro, acaba descobrindo que é uma fachada da Hidra. O confronto é injusto e Danny chega perto da morte mas é salvo pelo seu velho amigo Luke Cage, que o leva até a Enfermeira Noturna. Ainda muito debilitado, recebe a notícia de uma nova formação dos Heróis de Aluguel sob liderança de sua namorada Misty Knight, o que o frustra tanto quanto a Luke.
Danny recebe outra péssima notícia: a Wai-Go estava comprando ações suficientes para se tornar dona das Corporações Rand. Para piorar as coisas, Rand descobre que existe um outro Punho de Ferro nas ruas. Surpreendentemente, quando chega em seu escritório, Danny dá de cara com Orson Randall, percebendo que aquele é o homem que compartilha seu poder, Rand ataca até perceber que Orson está ali procurando-o como amigo. Mais do que isso. Como o homem que ensinou seu pai, Wendell, a lutar.Em uma nova batalha de Davos e um poderoso exército, Orson Randall é espancado quase até a morte. Randall, antes de morrer, entrega a Rand o poder íntegro do Punho de Ferro, algo que Danny nunca deteve em todos esses anos. Para isso, o peito de Orson explode, para que seu coração, como o do dragão, seja tocado e o poder transmitido aos punhos de seu herdeiro. Randall morre nos braços de Rand, feliz em parar de fugir desde que matou a arma imortal de K’un-Zi.

Danny Rand utiliza o uniforme de Demolidor confundindo a mídia criando um álibi para Matt Murdock, o verdadeiro Demolidor.
Danny participou da Guerra Civil do lado do Capitão América e Luke Cage contra a Lei de Registro até ser capturado pela S.H.I.E.L.D e ser colocado na prisão de Segurança Máxima da Zona Negativa. Ao ser capturado, entregou uma moeda de prata a Stark, e mandou que ele juntasse outras 29.
Porém foi solto por Hulkling a tempo de participar da luta final em Manhattan onde Capitão América se entregou ao governo norte-americano.

Durante a era Heroica, Rand e Knight acreditavam esperar um filho, o casal fazia planos para o futuro mas quando fizeram o ultrassonografia foi revelado que não havia nenhum bebê, o seu chi gerou um “falso positivo”. Isso abalou um pouco emocionalmente o casal. Com a sede da equipe na mansão, Rand decide mudar para um apartamento mais próximo, Rand e Knight se mudam do apartamento que moravam junto, cada um indo morar numa casa diferente sem saber o que isso representará para eles. Danny luita ao lado da Mulher-Aranha (Jessica Drew) contra oCapuz, depois da luta Danny e a heroína acabam tendo uma caso. O punho de ferro segura o Olho de Agamotto do Dr. Estranho e com isso ganha sua atual uniforme branco.

Embora já protagonize atualmente uma série em quadrinhos ao lado de Luke Cage , o Punho de Ferro vai ganhar mais uma HQ em 2017. Ed Brissone Mike Perkins serão, respectivamente, o roteirista e o desenhista da nova Iron Fist. A série começa a sair em março nos EUA e seguirá de onde parou a série solo anterior, Iron Fist: The Living Weapon, com o encontro de Danny Rand com uma civilização misteriosa que, de alguma forma, sabe tudo da linhagem dos Punhos de Ferro. Esse povo se torna importante para o herói, que agora tem sua habilidade de combate prejudicada depois da destruição da cidade de K'un-Lun.

CINEMA
A Marvel tinha um projeto para um filme solo do personagem em 2005, que seria estrelado por Ray Park e dirigido por Steve Carr. O filme nunca saiu do papel, mas o personagem voltou a ter um destaque considerável nos quadrinhos e em algumas animações.

Sugestão: Nanatsu no Taizai - "Os Sete Pecados Capitais" The Seven Deadly Sins




 O mangá foi escrita e ilustrada por Nakaba Suzuki. Começou a ser serializada na revista Weekly Shōnen Magazine da Kodansha em outubro de 2012, com 21 volumes tankōbon lançados até agora. O mangá apresenta um cenário semelhante ao da Idade Média Europeia, com um grupo principal de cavaleiros que representam os sete pecados capitais.

 

Em janeiro de 2015, o mangá Nanatsu no Taizai vendeu mais de dez milhões de cópias. O anime foi produzido pelo estúdioA-1 Pictures e foi transmitido no Japão na JNN e MBS entre 5 de outubro de 2014 até 29 de março de 2015. No Brasil o mangá é publicado pela Editora JBC desde março de 2015.

Os Sete Pecados Capitais são um grupo de cavaleiros que vivem na região de Britânia, mas se separaram, porque foram acusados de tentar derrubar o Reino de Liones . Sua suposta derrota chegou pelas mãos dos Cavaleiros Sagrados, mas os rumores que eles ainda estavam vivos, continuaram a persistir. Dez anos depois, os Cavaleiros Sagrados encenaram um golpe de Estado e capturaram o Rei, tornando-se os novos governantes tiranos do Reino. A terceira princesa, Elizabeth começou uma jornada para encontrar os Sete Pecados Capitais, para conseguir sua ajuda e retomar novamente seu Reino.

Em abril de 2014, na vigésima edição da Weekly Shōnen Magazine foi anunciado que Nanatsu no Taizai seria adaptado para anime. A série estreou nos canais MBS eJapan News Network em 5 de outubro de 2014 às cinco horas da tarde. A equipa foi revelada na trigésima sexta e sexta edição do ano, revelando que o anime seria produzido pelo estúdio A-1 Pictures, com direção de Tensai Okamura, argumento de Shōtarō Suga (Rinne no Lagrange) e com Keigo Sasaki (Blue Exorcist) como desenhista eHiroyuki Sawano como compositor da banda sonora. A primeira abertura foi cantada por Ikimono-gakari e a segunda por Man with a Mission, enquanto o primeiro tema de encerramento é uma colaboração entre as bandas Flow e Granrodeo, o segundo encerramento foi interpretado por Alisa Takigawa.

Um OVA intitulado Ban no Bangai-hen , O Capítulo Adicional de Ban? foi incluído na edição limitada do décimo quinto volume do mangá, lançado no dia 17 de junho de 2015. O segundo OVA composto por nove curtas humorísticas foi lançado na edição limitada do décimo sexto volume do mangá, em 12 de agosto de 2015.

Em 28 de julho de 2015 foi anunciado uma dublagem em português do Brasil do anime feita no Rio de Janeiro pelo estúdio Alcateia Audiovisual, com direção de Flávia Saddy. O anime foi lançado pela Netflix como conteúdo original do catálogo em novembro do mesmo ano. Também incluem negociações para emissoras de televisão e home-video. A segunda temporada do anime foi anunciada em 27 de setembro de 2015 e será lançado dia 17 de fevereiro de 2017.

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Family Geek Brasil - nos shoppings do Rio de Janeiro


Muito tempo que não postamos nada e decidimos retomar as postagens falando sobre o período em quem o Family Geek Brasil passou durante o ano de 2016 e até o momento ( março de 2017), levando um pouco do universo geek e nerd para todos os tipos de público nos shoppings do Rio de Janeiro.

Tudo começou no shopping Grande Rio durantes os meses de abril e maio, quando inovamos fazendo esse tipo de evento com um formato adaptável para shopping, algo realmente novo no Rio de Janeiro, levando quadrinistas que estavam em ascensão no mercado nacional como o talentoso Luciano Cunha criador do personagem O Doutrinador, grande destaque na edição da CCXP 2016 e com um filme ( isso mesmo ) sendo preparado para estrear nas telonas dos cinemas em breve, sem data ainda. Também esteve presente o grande quadrinista Ibraim Roberson, que já trabalhou para a Marvel Comics e Dc comics. Além de ter levado um pouco do universo de Star Wars e Harry Potter, com os fã clubes Império Comando e Beco Diagonal, onde foi um maior sucesso e sem esquecer a participação super especial da dubladora da personagem Patty Spivot no seriado Flash, Nica Nogueira.


Passamos por Niterói no shopping Bay Market nos meses de junho e julho, onde tivemos um enorme carinho do público carente de eventos deste porte. Tivemos a presença de vários quadrinistas nacionais independentes e de autores literários, além da presença da recordista nacional de itens da Mulher-maravilha: Amanda Mello .

Em setembro o evento pousou no shopping Carioca em Vicente de Carvalho, onde tivemos nossa primeira MEGA recepção no primeiro fim de semana, com o tema Marvel, com presença de quadrinistas e de vários cosplayers que fizeram a festa do público presente, se tornando um dos dias mais marcantes da curta história do Family Geek. O público foi muito receptivo e ativo nas redes sociais, onde deixaram bastante mensagens nos parabenizando pela iniciativa, pois nem todos tem tempo ou dinheiro para ir aos atuais eventos que vem acontecendo no Rio de Janeiro que em sua maioria tem como base o anime e mangá.
Ficamos pelos meses de setembro e finalizamos em outubro, onde fizemos uma festa para as crianças com a presença de cosplayers e um workshop do curso Lipe Diaz studios , de quadrinhos.


E para finalizar o ano de 2016 fizemos nosso evento no shopping Caxias nos meses de novembro e dezembro, levando sempre temas bacanas onde o público pode interagir com os desenhistas como foi o caso do pessoal do curso Arte Final, que fez caricaturas ao vivo, dos quadrinistas independentes e autores literários assim como a participação do pessoal do Conselho Jedi, responsáveis pelo mega evento voltado para o universo Star Wars, a JEDICON !  Tivemos estreias também, como a primeira participação do fã clube Potter Family em um evento, onde levaram um pouco do universo de Harry Potter para o público. O público curtiu muito a presença do evento no shopping e já pedem para que possamos retornar.


Iniciamos 2017 no shopping Nova Iguaçu , onde pela primeira vez o evento ficou em um espaço aberto sem ser dentro de uma loja. A experiencia foi boa em alguns aspectos, mas ruim em outros... pois o formato do evento já está estabelecido e fugiu um pouco do que o evento propõe... enfim... foi muito bacana a presença do público nos fins de semana mas infelizmente por motivos de força maior não pudemos ficar até o fim do mês de janeiro, terminando o evento uma semana antes... para a tristeza do público de Nova iguaçu...


Mas em fevereiro o evento já retomou as atividades com força total no shopping Via Brasil , levando logo na primeira semana o tema MANGÁ/ANIME com a presença de quadrinistas de mangá e cosplayers diversos, além do curso Chirai , onde o público pode ganhar de presente seu nome feito na hora em Japonês. Foi um grande sucesso fazendo com que o evento permaneça por mais um mês, permanecendo pelo mês de março.

Durante esse período tivemos acertos e claro... erros, mas continuamos a aprender e fazendo de tudo para poder levar a cada edição o melhor da cultura Geek e Nerd para todos de forma GRATUITA e de qualidade. Com o objetivo de tornar a cultura geek maior no Rio de Janeiro, unir os fãs de séries, animes, quadrinhos, etc... levar sempre standes com venda de itens relacionados ao que o público ama e não consegue achar com grande facilidade. Esse é o desejo do Family Geek... difundir esse universo e tentar colocar o Rio de Janeiro no mapa GEEK !

Aguardamos vocês no evento, venha nos visitar e pode falar que viu sobre o evento em nosso blog... vai que ganha algum brinde... quem sabe... talvez...



quinta-feira, 16 de junho de 2016

Family Geek Brasil fazendo Cobertura na Expo Geek 3.0


É isso ai pessoal, nós do Family Geek Brasil estaremos presentes na edição Expo Geek 3.0 no dia 19 (domingo). Sendo uma das edições em que se espera um grande número de público  (aproximadamente 15.000 pessoas nos dois dias de evento), tem tudo para se confirmar como um dos melhores eventos Geek do RJ.

"Games, cosplay, Kpop, e-sports, palestras, painéis, exposições, animes, quadrinhos, workshops, música e o melhor da cultura geek reunidos em um único evento" essas são as propostas de atrações da Expo Geek para o público Nerd, Geek, Otaku e todos que gostam da Cultura pop atual, o que nos faz pensar que estamos acompanhando o início  de um evento que um dia, poderá estar alcançando o mesmo nível da Comic Con Experience (CCXP) de São Paulo, e estará sendo reconhecido também como um dos melhores eventos do Brasil.

O evento estará acontecendo no Centro de Convenções SulAmérica, na Cidade Nova; nós estaremos participando do Dia 19, mas o evento acontecerá nos dias 18 e 19 (Sábado e Domingo). Quanto as atrações, está de encher os olhos e imperdível para quem gosta do tema Geek. Acompanhe abaixo a programação do Evento.

Dia 18 - Sábado

-Palco Principal: Especial Desenhos do Cartoon Network: com Charles Emmanuel e Sergio Stern (dubladores de “Apenas um Show”), Eduardo Drummond e Yago Machado (dubladores O Incrível Mundo de Gumball) / Youtubers Malena / T3ddy / Lucas Lira / Youtubers Imbizita / Canal DVC Humor / Canal Mítico Jovem / Banda: ObSexion

Horário:

10h - Gincana geek;
11h - Canal Riff + Bruno Sutter;
12h - Youtuber: DVCHumor, Imbizita e Mítico Jovem;
14h - Dubladores (Gumball e regular show);
15h - Banda Obsexion;
16h30 - Youtuber Malena, Lucas Lira e T3ddy;
18h30 - Campeonato de KPOP;
20h - Encerramento.

Dia 19 - Domingo

-Palco Principal: Especial Cavaleiros do Zodíaco: com Hermes Baroli / Letícia Quinto / Luiz Antônio Lobue (dubladores Cavaleiros do Zodíaco)  / Banda: Cavaleiros do Zodíaco in Concert / Youtubers: PK / Kaike Flex / Guaxinim

-Auditório: Painel: Satty & Convidados // Um Sábado Qualquer (Painel com Carlos Ruas, criador e desenhista) / Palestra Marcelo Del Greco: Editora JBC e outros. 

10h - Gincana geek;
11h - Youtuber: PK Regular Game, Guaxinim e KaikeFlex;
12h - Dubladores CDZ: Hermes Baroli, Lethicia Quinto e Luiz Antonio Lubue;
13h - Youtuber: Satty, Petra Leão e Babi Dewet;
14h - Cosplay;
16h - CDZ in Concert: Edu Falaschi, Ricardo Cruz, Rodrigo Rossi e Larissa Tassi;
17h30 - Divulgação Premiação;
18h - Encerramento

Então, se você é fã dos Cavaleiros do Zodíaco, não perca esse Domingo, Vai ser uma bela comemoração dos 30 anos de estreia no Japão. Fora o espetáculo que sempre é, os concursos de Cosplayers. Se você não quer perder por nada essa 3 Edição da Expo Geek, garanta o seu ingresso:

Ingressos antecipados
– Super Combo Geek Solidário e Meia-Entrada: 18 + 19 de Junho, por R$ 60,00
– Meia Entrada Solidária e Meia-Entrada: R$ 35,00 (Sábado ou Domingo);
– Inteira Super Combo Geek: 18 + 19 de Junho, por R$ 120,00
– Inteira, por R$ 70,00  (Sábado ou Domingo).


Ingressos no dia do evento
– Sábado (18), por R$ 40,00 (Meia Entrada / Entrada Solidária, 1k de alimento não perecível)
– Inteira, por R$ 80,00
– Domingo (19), por R$ 40,00 (Meia Entrada / Entrada Solidária, 1k de alimento não perecível)
– Inteira, por R$ 80,00

Qualquer dúvida em relação ao evento, entre no site: www.expogeekbrasil.com.br

quinta-feira, 12 de maio de 2016

IBRAIM ROBERSON - No Family Geek Brasil - Shopping Grande Rio 2 - Maio 2016


Nos dias 20 e 21 de Maio, o quadrinista Ibraim Roberson estará presente no evento Family Geek Brasil no shopping Grande Rio no Rio de Janeiro, falando um pouco sobre seu trabalho e como chegou ao mercado internacional.

Aqui temos uma pequena entrevista cedida pelo desenhista para o nosso blog:

FAQ com Ibraim Roberson
Qual foi seu primeiro trabalho com quadrinhos?
Meu primeiro trabalho grande com quadrinhos foi o “The Zombie Survival Guide: Recorded Attacks”, escrito pelo mesmo autor de World War Z, Max Brooks. Foi um enorme desafio e me ensinou muitas coisas ao longo de suas quase duzentas páginas, todas desenhadas em preto e branco por mim. Antes disso eu fiz diversos trabalhos para o mercado independente, creio que o primeiro impresso tenha sido para Argo Comics.

Como aprendeu a desenhar?
Eu não cheguei a fazer nenhum curso, terminei aprendendo tudo sozinho e continuo sempre estudando para não limitar minhas possibilidades artísticas. Sempre desenhei por horas e horas consecutivas, isso me mantém em forma para poder assimilar melhor e mais rapidamente novos conhecimentos à medida que tenho a oportunidade.  Ao longo do tempo, tive a chance de estar em contato com alguns artistas muito competentes e de talento ímpar, pelos quais até hoje tenho profunda admiração, gosto muito de escutar as críticas e observar com extrema atenção e foco cada imagem nova que vejo.

Quais os materiais que usa?
Tento aproveitar todos os tipos de materiais possíveis e sempre estou em busca de novas ferramentas, prefiro não me apegar muito a marcas ou materiais específicos demais que possam limitar de alguma maneira a minha produção. Quase sempre opto por materiais de fácil aquisição.
No momento uso os seguintes materiais na minha produção diária:
  • Lapiseiras Pentel 0.3 e 0.7, normalmente com grafites 2B;
  • Lápis Faber Castell H, HB, 2B, 3B e 6B;
  • Canetas Unipin 0.05, 0.1, 0.3 e 0.8;
  • Borracha Tombow Mono Zero 2,3mm;
  • Esfuminhos 1,3 e 5;
  • Pentel Pocket Brush;
  • Papel Sulfite 240g;
  • Nankim Acrilex;
  • Tinta acrílica Acrilex branca.

Quais são suas maiores influências?
Tenho algumas HQs que me marcaram pra sempre, cada uma à sua maneira me fez ver novas possibilidades de finalizar minhas páginas, como WildC.A.T.S. / X-Men - The Golden Age, com a arte do Travis Charest. Akira, de Katsuhiro Otomo me fez enxergar cenários e cenas de ação de uma maneira completamente diferente. Batman - The Dark Knight Returns, de Frank Miller e WE3, de Frank Quitely foram divisores de águas para mim no quesito de narrativa e clima de uma história. Posso citar muitos autores que são e serão sempre referências para mim como o Jim Lee, Neal Adams, Moebius, Juan Gimenez, Barry Windsor-Smith, Marc Silvestri, Adi Granov, Alan Davis, Bryan Hitch, Adam Hughes, a lista é bem grande pois em cada um eu tento procurar inspiração e ares novos. Tive também muitos amigos que me influenciaram, como Leno Carvalho, Felipe Watanabe, Juarez Ricci, Wellington Fiuza, Hugo Leonardo, André B2, Omar Garcia e alguns outros que sempre me apoiaram nessa grande aventura.

Qual o seu processo de trabalho?
Eu normalmente leio o roteiro página por página à medida que vou desenhando, gosto de começar com rascunhos bem pequenos e pouco definidos com no máximo 5x8cm, depois de estar certo da composição da página, defino um layout em uma área um pouco maior, com aproximadamente 10x16cm. Tento definir tudo, expressões, poses, perspectiva, distância dos requadros, etc., então eu imprimo tudo isso com uma tonalidade azul e no formato A3 onde vou utilizar na maior parte do tempo nankim para definir os elementos. Eu não costumo ter a etapa do ‘lápis’, pelo menos não um lápis muito definido. Após terminar a fase do traço a nankim, vou adiante para os tons com grafite e nankim aguado. No final eu digitalizo a página em 300dpi e eventualmente faço algum tipo de limpeza e tratamento.

Qual seu trabalho atual?
No momento estou trabalhando em algumas áreas diferentes, estou escrevendo duas HQs uma chamada ‘Crime 101’ que é desenhada pelo Zurik Gerigk, a outra se chama “How I got this scar”, essa desenhada por mim.
Em 2012 abri o estúdio-atelier-escola ClubComics em Curitiba, nesse espaço eu treino novos artistas para o mercado internacional. Quase todos os participantes do ClubComics já estão atuando no mercado, um dos mais recentes foi o Deivis Goetten, que assinou contrato de trabalho com uma das maiores editoras francesas, a Glénat.
Meu projeto mais recente é um álbum incrível, também com a editora francesa Glénat, esse será meu primeiro trabalho para o mercado da França, o álbum terá 46 páginas e posso garantir que estou produzindo as melhores páginas que já fiz na vida.

Quais dicas para alguém que queira ser um desenhista de quadrinhos?
É um ramo muito exigente e demanda que o artista se dedique com todas as forças que puder. Você tem de estar atualizado sempre e não pode se desanimar com facilidade pois a persistência é o que vai fazer a diferença entre o sucesso e o fracasso nessa área.
Hoje em dia os quadrinhos permitem que todo o tipo de estilo seja publicado, não existem restrições quanto ao lugar onde você vive ou à sua idade, contanto que você tenha uma mente aberta, responsabilidade, maturidade e saiba encontrar o seu lugar na indústria.
O portifólio de um artista tem de estar sempre atualizado. Não adianta muito apresentar páginas que fez a muitos tempo atrás, tem de mostrar só aquilo que tiver de melhor e mais recente.
É possível conseguir trabalho das maneiras mais distintas, como através dos classificados do www.digitalwebbing.com, ou de eventos de quadrinhos como a Bienal de Quadrinhos de Curitiba, CCXP de São Paulo ou o FIQ de Belo Horizonte. Além de contatos diretos com os editores e caça-talentos como Rickey Purdin que pode ser contatado pelo email rpurdin@marvel.com.
É sempre bom aos artistas que desejam trabalhar com quadrinhos, aprender um pouco da lingua inglesa, isso vai ajudar bastante e dar muita independência além de ampliar as possibilidades de conseguir trabalho no mundo todo.
Ao longo da minha experiência treinando artistas para o mercado internacional, criei uma lista de elementos que considero ser essenciais em páginas de amostra. Essa é a lista básica e a todo o momento pode ser atualizada e aprimorada, porém no momento considero que se o artista conseguir cobrir ao menos esses ítens, suas amostras podem ganhar qualidade.

Elementos importantes para a produção de páginas de amostra
(Esses elementos são apenas sugestões básicas que podem ser aprimoradas)

Figuras:
  • Homens
  • Mulheres
  • Idosos
  • Crianças
  • Variação de Estaturas
  • Variação de Tipos Físicos
  • Variação Étnica
  • Variação de Vestimentas
  • Deficientes Físicos
  • Interação entre as figuras
  • Animais

Emoções:
  • Expressão Facial
  • Expressão Corporal

Cenas de Ação
  • Entre personagens principais e figurantes

Cenas de Diálogos
  • Entre personagens principais e figurantes

Cenários:
  • Ambiente Urbano
  • Ambiente Selvagem
  • Externo
  • Interno
  • Tecnologia
  • Variações de plano (escadas, plataformas, rampas, etc.)
  • Ambientação (sujeira, adornos, utensílios específicos, etc.)

Efeitos Especiais :
  • Explosões
  • Velocidade
  • Poderes
  • Água
  • Raios
  • Movimento
  • Intempéries

Objetos :

  • Armas
  • Comunicação
  • Veículos